domingo, 4 de julho de 2010

Conforme-se!


Jamais veja as coisas do lado de fora
Você tem sede e quer vinho
Mas só tem água
Então não olhe para fora
Apenas beba a maldita água
Talvez não possas alcançar o que queres
Então feche os olhos
E pegue apenas os objetos tangíveis
Você quer vinho, mas só tem água!
Você quer vinho, mas só tem água!

4 comentários:

  1. HUmmm...legal, teu blog está de cara nova! Gostei!!

    :)

    ResponderExcluir
  2. mto bom!!!

    Live inside yourself!!!

    \o/

    ResponderExcluir
  3. Cara, muito bom isso. O que passou por entre meus dentes nao foi o memso que desceu pela garganta.

    ABraços.

    http://poesiafotocritica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Sensacional pelo fato de levar a uma logica formidavel que é a logica do imaginado ser divino ou seres poderosos. O ser humano não se contenta em ver a maravilha de um rio em epoca de cheia abarrotado de peixes sem atribuir tal fato a um ser divino. A sua poesia retrata isso com tanta sabedoria, "Você quer vinho, mas só tem água!" querem um Deus, mas só tem nada e pronto. Grande abraço.

    ResponderExcluir